Hoje trago-te 7 segredos para que possas parar de comer em excesso.

Tarefa difícil? É o que vamos saber já de seguida!

Comer em excesso é prejudicial, sobretudo se os alimentos não forem nutritivos e tiverem uma carga negativa na tua saúde.

Nestes casos é necessário reduzir o apetite, ou a vontade de comer, correndo o risco de engordar desnecessariamente.

É fácil perdermos em batatas fritas, bolachas, gomas e outros tantos alimentos com calorias zero.

Sei disso por experiência pessoal e tenho inúmeros episódios que contam isso mesmo.

Basta começar a comer… para que rapidamente acabemos com o tal pacote de pipocas vazio.

Também sei que custa resistir às tentações. E elas são muitas!

É por isso que uma das minhas técnicas é comer de 3 em 3 horas.

E agora perguntas tu: Mas isso não é contraditório?

E eu respondo: Não…

Porque Como de 3 em 3 Horas

Quando as refeições têm qualidade nutritiva e nas porções certas deves comer nesse intervalo de tempo.

O problema é quando não tens controle nos alimentos e empurras tudo o que vem à mão sem pensar muito bem no que comes.

Há uma diferença substancial entre “calorias nutritivas” e “calorias zero”.

As “calorias nutritivas” são aquelas em que têm um alto valor nutricional, como os hidratos complexos, as proteínas, a gordura boa, as fibras ou as vitaminas.

Calorias Nutritivas VS Calorias Zero

Vou dar alguns exemplos para ser mais concreto e para que saias daqui com uma boa visão destas “calorias nutritivas”:

Exemplos de Hidratos de Carbono Complexos:

parar de comer em excesso, parar de comer, como parar de comer,
Vai uma batatinha? Destas podes… à vontade!

Exemplos de Proteínas de Qualidade:

Exemplos de Gordura Boa:

parar de comer em excesso, comer em excesso
Esta é a manteiga de amendoim que uso. Clica na imagem e coloca o cupão PRATOFIT10 no 4º passo da encomenda para ganhares 10% de desconto!

No que toca a calorias zero, considera todos os alimentos que têm um alto teor de calorias e que não têm nada “que o corpo possa aproveitar”.

Isto é: são ricos em calorias mas que não têm nutrientes básicos absolutamente nenhuns.

Queres exemplos concretos de calorias vazias?

  • Bolachas de Pacote (a maior parte delas)
  • Batatas Fritas
  • Sumos Gasificados
  • Cereais com Bonecos nas Embalagens
  • Chocolates

No fundo é tudo aquilo que gostas e que não consegues parar de comer porque “é só mais um… é só mais um bocadinho…” 😉

7 Segredos Para Parar de Comer em Excesso

1) Densidade Nutricional

Comida processada não pode entrar no teu dia-a-dia e ponto final.

A comida processada, como o fast-food e outros tantos, não tem densidade nenhuma.

Já reparares-te que quanto mais comes no MacDonalds mais queres comer. E nunca ficas satisfeito apenas com um Big Mac? Aposto que passado um hora já estás cheio de fome….

Porque será? Eu explico-te:

Porque no fundo estás a comer só hidratos de carbono simples.

Este tipo de alimentos “engana” a fome e passado pouco tempo já a sentes novamente.

É importante apostares nos hidratos complexos como na lista que vimos acima.

Lembra-te também de incluir proteína em todas as refeições, como o leite, ovos, iogurte, carne, peixe, etc…

Quanto mais densa for as tuas refeições, mais saciado irás ficar e menos apetite terás.

parar de comer em excesso, parar de comer, como parar de comer,
Eu sei que isto tem um óptimo aspecto… mas vamos deixá-los de lado 😉

2) Gordura Também Entra

Nem todas as gorduras são más e nem todas devem ser retiradas da nossa dieta.

Manteiga de amendoim, nozes, abacates ou óleo de coco são alternativas às manteigas “normais” e aos óleos de fritar. E são nestas que deves apostar.

Quando procurei alimentos substitutos das gorduras menos saudáveis senti uma maior saciedade e reduzi drasticamente o perímetro abdominal 🙂

Experimenta substituir a manteiga tradicional por manteiga de amendoim barrada em pão escuro e diz-me depois se não ficas muito mais saciado e com menos fome.

3) Menos Stress… e Mais ZzZZZzzZZ

O stress, as agitações e as preocupações podem levar qualquer um a ingerir mais comida.

Quando estamos sob pressão é natural comer mais e mais e mais….

Confesso que ao Domingo à noite, devido à pressão de iniciar uma nova semana que se avizinha, exagero na minha alimentação.

E solução para isto?

Uma das maneiras de reduzir o stress é praticar actividade física.

Treina, vai ao ginásio, faz caminhadas, corre, o que tu quiseres, mas mexe-te.

Esforças o corpo, reduzes o cortisol e em consequência as pressões diárias!

4) Regista o Que Comes e Surpreende-te

É incrível a quantidade de comida que comemos ao longo de um dia.

Eu registo tudo na aplicação My fitness Pal e por vezes fico surpreendido com o número de calorias que consumo.

Aposto que irá acontecer contigo também!

Por isso, uma das maneiras de parar de comer em excesso é utilizar uma aplicação que nos alerte sobre a quantidade de calorias ingeridas ao longo do tempo.

Ficas com uma maior visão das tuas falhas e ficas a saber instantaneamente se já exageraste na dose ou não 😉

parar de comer em excesso, como parar de comer, comer em excesso
Esquece os cálculos… com a aplicação My Fitness Pal consegues saber tudo rapidamente e sem dificuldades!

5) Redutores de Apetites Naturais

Em vez de os comprares na farmácia tenta incorporar na tua dieta redutores de apetites naturais.

Quais?

Alimentos ricos em fibra, como a aveia, a chia ou as sementes de linhaça castanha.

Os legumes e o atum ao natural em lata são excelentes escolhas também.

Um prato cheio de salada dá a sensação visual de volume e enche bem o estômago.

Esta forma terás menos apetite e parás de comer em excesso.

6) Água (Novamente)

Não podia faltar nesta lista e há 1001 razões para isso.

Para além de “encher” a barriga, hidrata e ajuda no crescimento muscular (os nossos músculos são maioritariamente compostos por água).

Vê o meu último artigo dedicado a este tópico onde explico tudo sobre a importância da água, quantos litros devemos beber por dia e qual o tipo de água mais indicado.

Vê aqui: Quantos Litros de Água Devemos Beber Por Dia

7) Tamanho do Prato

À hora da refeição experimenta trocar o teu prato gigante por um prato mais pequeno.

Ficarás com a sensação que tens o prato mais cheio mas na verdade estás a consumir menos.

Sabes… a parte visual ajuda muito durante uma dieta.

Ao veres um prato cheio dás o sinal ao teu cérebro de uma grande refeição.

E desta maneira enganas-o!

parar de comer em excesso, parar de comer, comer em excesso,
O que um prato pequeno pode fazer para que possas parar de comer em excesso…

Existem muitos mais segredos para que possas reduzir a quantidade de alimentos e para que pares de repetir refeição atrás de refeição.

Se seguires estes 7 à risca aposto que irás consumir menos do que o habitual.

É uma questão de experimentares 😉

Luís

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *