Acontece a todos. De vez em quando, uns a mais do que outros, descarrilamos nas dietas e nos regimes alimentares.

Nessas alturas pensamos que está tudo perdido e a nossas consciência começa a ficar… ligeiramente pesada.

Se calhar engordei 2 ou 3 quilos… se calhar agora tenho que compensar e comer mais saudavelmente… se calhar isto… se calhar aquilo…

A verdade é que se falhares uma ou outra refeição por semana as coisas não são tão graves como parecem.

O mesmo acontece com os treinos. Se falhares um ou outro treino o cenário não é catastrófico.

Agora… se andas sempre na balda, quer na alimentação, quer no exercício físico.. aí sim. As coisas podem tornarem-se complicadas, sobretudo quando crias o efeito bola de neve.

Como Evitar o Efeito Bola de Neve

O efeito bola de neve, como eu gosto de chamar, acontece quando começas a perder noção das coisas.

Comes mais do que devido, alimentaste mal, faltas aos treinos constantemente, baldas-te à água, etc…

E é muito fácil entrar neste vício do “deixa andar”.

Existem várias coisas que podemos fazer para evitar este efeito bola de neve.

Um deles é o autocontrole e uma mentalidade forte. Ter confiança que vamos fazer apenas e só uma asneira, evita que descarriles.

Mas como sei que isso é muito difícil, deixo algumas sugestões para que evites entrar numa bola de neve:

Aplicações

Hoje em dia existem aplicações que ajudam a controlar os danos alimentares. Podes instalar uma delas para que saibas em que ponto te encontras e para monitorizares TUDO o que comes sem grande esforço

Podes encontrar algumas dessas aplicações o meu outro artigo:

As Melhores Aplicações Fitness Gratuitas

Dia do Lixo

Para evitar os efeitos bola de neve e andares sempre a comer “às escondidas” alimentos “tóxicos”, podes marcar na tua agenda semanal um dia do lixo em que comes mais à vontade.

Podes também saber mais sobre este neste artigo:

Dia do Lixo. Tudo o Precisas de Saber Sobre Este Dia

Pede a Alguém Para te Controlar

Isto acontece especialmente quando fazes refeições fora de casa ou quando sais socialmente.

Nesses casos pede ao teu amigo para te ir controlando dando-te indicações de quando é que ele te deve alertar para os excessos.

Este é um dos truques que uso muito no Natal. Quando vou a casa de alguém, peço sempre a uma pessoa mais próxima para me ir relembrando da qualidade/quantidade de comida que já comi…

Evita ter Maus Alimentos em Casa

Longe da vista, longe do coração. Neste caso da boca…

Se não tiveres maus alimentos em casa a probabilidade de não os comeres é de 99%.

Claro que ainda há a hipótese de saíres para os comprares… mas duvido que isso aconteça.

Para evitar o chamado efeito bola de neve, começa por te livrar de tudo o que tiveres em casa que prejudique a saúde.

Ah… e compra apenas as refeições “más” no próprio dia do lixo. Nunca antes!

Dicas Descarrilar Dieta
Ter este tipo de alimentos em casa não ajuda nada na tua dieta…

És Servida?

Naquelas situações inesperadas em que alguém nos propõe comer alguma coisa fora da nossa dieta, habitua-te a dizer “não, obrigado”.

Ninguém fica ofendido! Podes inventar uma história qualquer… diz que comeste há pouco tempo, que doí-te a barriga, que és alérgica… ou simplesmente diz que estás de dieta e que não podes mesmo comer o que te oferecem.

Isto acontece regularmente no sítio onde trabalho. Quase todas as semanas alguém faz anos e traz bolo de aniversário…

Como não quero quebrar o meu regime alimentar, e sei que basta uma fatia para dar aso ao efeito bola de neve… normalmente não como bolo…

Ao início pode ser estranho, mas com o tempo habituaste a dizer “não”.

E acredita: ninguém fica ofendido… e até agradecem por sobrar mais!

Porque Descarrilas a Tua Dieta?

>>> A culpa não é tua!

A verdade é que a própria cultura alimentar dos dias de hoje quase que impõem estes descarrilamentos…

Parece que vivemos num mundo onde existem armadilhas alimentares por todo lado…

A Televisão e o Subconsciente

Seja na televisão, redes sociais ou rádio os anúncios a fast food, chocolates, bebidas açucaradas, batatas fritas, etc… são aos milhares. Somos constantemente bombardeados com imagens e mensagens desse tipo de alimentos.

Ora essas mensagens ficam no nosso subconsciente e quando nos sentimos stressados, alegres, tristes ou outro tipo de sentimento espontâneo, o cérebro repesca essas “recompensas”… e assim descarrilas…

A Nossa Cultura

Temos um passado muito forte ligado à alimentação.

Aposto que quando era criança e quando deixavas um resto de comida no prato eras repreendida pelos teus pais ou avós.

Aconteceu contigo e aconteceu comigo!

Por isso é que nos dias de hoje temos esta mentalidade que é necessário “comer tudo” até não restar nada no prato… mas as coisas não são bem assim.

Há ainda o velho ditado popular “quem não é bom para comer, não é bom para trabalhar…”.

A nossa cultura está recheada destas coisas…

A Ideia de Gastar Dinheiro

Por fim, existe a ideia que para se comer bem teremos que gastar muito dinheiro. ERRADO.

Para esses casos proponho que leias um outro artigo meu:

Como Comer Bem Por Pouco Dinheiro

Explico-te lá tim-tim por tim-tim como podes comer saudavelmente por meia dúzia de trocos.

E por falar em poupar…

Para além dos 10% de desconto que dou-te ao usares o meu código PRATOFIT10 na Prozis, ainda dou-te:

Em encomendas superiores a 30 euros uma embalagem de Oats e Claras!

Em encomendas superiores a 50 euros uma embalagem de Oats, as Claras e ainda uma Choco Butter!

Em encomendas superiores a 75 euros uma embalagem de Oats, as Claras, uma Choco Butter e ainda umas de guloseimas mas sem açúcar!

lista de alimentos saudáveis
Clica na imagem e aplica o meu código PRATOFIT10

Aproveita aqui e usa o meu código PRATOFIT10 no 4º passo da encomenda!

Campanha em vigor até 6 de Junho 2019.

Dicas Para Quando Descarrilas na Tua Dieta

Estas são as 6 dicas que podes seguir para quando descarrilas a tua dieta.

Poderás aplicá-las sempre que comeres um simples bolo ou uma refeição inteira.

1) Acontece a Todos

Não te matrizes. Acontece a todos!

Quer seja a atletas de topo, quer seja a amadores ou iniciantes… descarrilar na alimentação acontece a todos!

Sabes, antigamente quando cometia uma ou outra “falta” fica a matutar durante horas e horas e a julgar-me por ter cometido tal atrocidade… mas agora… agora sigo em frente como se nada fosse.

Aliás, há uma história com Anderson Silva, um dos melhores atletas de MMA de sempre, em que ele conta como quebrava a dieta com fast food dias antes de grandes combates… e encarava isso com naturalidade!

2) Muda o Teu Ponto de Vista

Não é por comeres um bolo ou 3 bolachas que vais perder todos os teus ganhos!

Tenta mudar o teu ponto de vista… o teu corpo reage ao que comes, certo. Mas não será por outra ou outra tentação que irás perder tudo.

Se estás há muito tempo em restrição alimentar é importante que saibas ouvir o teu corpo e que te deixes ir com o flow… não irás sair prejudicada.

O importante é não deixares que isto aconteça frequentemente e que seja apenas e só pontualmente!

3) Encara Como Um Sinal

Se descarrilas mais do que uma vez por semana é por algo está errado na tua dieta ou regime alimentar.

A falta de certos nutrientes levam-nos a cometer alguns erros e um dos primeiros sinais é precisamente “comer qualquer coisa”.

Revê a tua dieta, as tuas calorias, os teus macronutrientes, a tua quantidade de água, etc…

Se precisares de ajuda neste campo posso fazer-te um Plano Alimentar Personalizado.

4) Pára de Procurar a Dieta Perfeita

Não existe perfeição alimentar… existe progresso.

No que toca a alimentação, nada é perfeito… há sempre espaço para melhorias e para novos desenvolvimentos.

Por esse motivo é essencial que pares de procurar a dieta 100% eficaz e eficiente.

Pensa antes em progresso… e em corrigir pequenos erros que vás encontrado pelo caminho.

5) Troca a Dieta Por Regime Alimentar

A palavra dieta está associada a restrições a curto prazo. Está associada a regras, leis e horários rígidos.

Com a dieta mantens uma alimentação limpa até alcançar os teus objectivos… depois voltas ao que comias antes… e voltas muito provavelmente ao teu excesso de peso.

Nesse sentido terás que troca a “dieta” por “regime alimentar”…

No regime alimentar encontrarás uma reeducação que te permite ser flexível e manter um regime limpo a longo prazo.

Vais substituindo os alimentos “maus” por “bons” mas que gostes.

Nos regimes alimentares nada é imposto, existindo uma flexibilidade alimentar que te permite comer por vezes aqui e ali uma bolachinha 😉

6) Volta Rapidamente ao Teu Regime

Não esperes por Segunda-Feira!

Se cometeste falta… volta já hoje ao teu regime alimentar e não deixes que isso se torne na tal bola de neve.

O passado é passado e já não podes fazer mais nada… mas o futuro está nas tuas mãos!

Portanto não arrastes mais do que o devido e recomeça agora onde ficaste da última vez.

 

Espero que tenhas compreendido que os descarrilamentos alimentares acontecem a todos.

O importante é que não percas do foco alimentar e que o encares com a máxima naturalidade possível.

Por hoje é tudo!

Luís

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *