Hoje trago ao blog o tema de como comer menos sem notar.

Provavelmente há um momento do teu dia em que comes mais do que o normal… aliás, muito provavelmente existe um período do dia em que comes mais do que o normal e ERRADAMENTE.

Digo isto porque se comeres excessivamente alimentos saudáveis, o estrago é menor do que se comeres alimentos “maus”.

Portanto… sempre que surgir esses momentos de tentação e de descontrole de apetite, uma das minhas primeiras dicas é que procures um alimento saudável e pouco calórico.

Não te atires ao primeiro alimento que encontrares!

Para esses casos sugiro um dos meus snacks com menos de 100 calorias.

Agora… isto serve apenas para remediar a situação.

Deverás ir mais a fundo e perceber porque é que essa fome exagerada surge sempre à mesma hora ou pelo menos sempre no mesmo período do dia…

Tenta também perceber se é mesmo fome ou vontade de comer, e sobretudo o qual o gatilho ou estimulo que a activou.

A Hora a Que Não Consegues Parar de Comer

Com o stress e com a agitação do dia-a-dia, existe sempre aquela hora (ou horas) em que sentimos uma fome disfarçada de ansiedade ou de descompressão.

Isso mesmo:

>> As tuas piores ou melhores alturas do dia traduzem-se muitas das vezes em… COMIDA.

No meu caso acontecia-me normalmente à noite, numa altura em que diminuía o stress e precisava de descomprimir após um longo dia de trabalho.

Identificado o período em que comia mais do que habitual, restava-me criar algumas estratégias para resolver o problema…

Como este artigo não é sobre mim, podes (re)encontrar essas estratégias e no meu outro artigo onde falo aprofundadamente sobre o meu caso:

O Que Faço Para Não Comer Depois de Jantar

Mas a diante…  se o teu descontrole alimentar acontece ao longo dia é necessário que estejas atenta aos gatilhos que despertam essas motivações e ambições por comida.

Por experiência também sei que depois de almoço há sempre a tentação de comer algo doce… ora aquilo que provavelmente não sabes é que há uma explicação cientifica para isso.

Chamada… hipoglicemia reactiva.

Apetece-te Doces Depois de Almoço? Há Uma Explicação Para Isso

Quando acabamos de comer uma refeição que contem hidratos de carbono (o almoço normalmente é também composto por hidratos) podemos ter uma hipoglicemia reactiva que se traduz no baixo nível de açúcar no sangue em consequência da libertação em excesso de insulina.

E quando isso acontece o nosso organismo “desperta” e começa a pedir glicose no sangue… daí a vontade de comer doces e o tal descontrolo…

Basicamente o que acontece com a hipoglicemia reactiva é isto:

1º) Com o almoço aumentas o consumo de hidratos de carbono e os níveis de açúcar aumentam
2º) O organismo poderá libertar insulina em excesso para combater esses níveis de açúcar no sangue
3º) A insulina produzida para combater os níveis de açúcar no sangue acaba por retirar mais glicose do que deveria
4º) Para equilibrar essa “perda” o teu organismo pede novamente açúcar…

E daí a comeres umas bolachas ou um chocolate é um instantinho. 

E o que podes fazer para evitar isto?

Fazer 6 refeições por dia ricas em proteína, evitar os açúcares e bebidas alcoólicas, fazer exercício e evitar comer de estômago vazio doces, bolos ou bolachas são algumas das recomendações para ir diminuindo esta situação.

Nota: Para saberes mais sobre esta hipoglicemia reactiva deverás consultar um profissional de saúde e fazer exames.

como comer menos
Bolo de chocolate depois de almoço? Há uma explicação para esse apetite…

O Erro de Comer Para Compensar

Comer para compensar alguma situação psicológica ou social também é normal entre as pessoas que têm algum peso a mais.

Os factores extremos são terríveis e podem engordar sem que notes absolutamente nada…

Identificas alguns destes exemplos na tua vida?

1) Ansiedade

A ansiedade é um rastilho para comeres sem parar. Nessas alturas a pessoa come sem necessidade física mas sim por necessidade psicológica de se “agarrar” a qualquer coisa que compense o sentimento e a pressão.

Se é o teu caso tenta gerir as emoções e nessas alturas mantém-te longe da cozinha…

2) Descompressão

O caso da recompensa também é outro factor interessante… um dia de trabalho mais longo ou uma notícia que precisa de ser comemorada são duas das situações que levam a que comas erradamente…

Se é o teu caso, tenta recompensar-te de outra maneira sem ser por comida, como por exemplo uma ida às compras de roupa nova ou uma massagem.

3) Aborrecimento

O tédio é um dos inimigos mais comuns que levam a engordar.

Quando não tens nada para fazer ou estás simplesmente em frente à televisão a magicar, aumentas exponencialmente as hipóteses de comer… e mais uma vez sem qualquer necessidade física.

4) Acompanhar Alguém

É tal e qual como “ir fumar um cigarro” com alguém… vais apenas para acompanhar e porque recebeste o desafio “de ir…”.

Nestes casos só tens duas soluções: ou dizes que “não” ou vais e fazes escolhas inteligentes 😉

6 Truques Para Que Possas Comer Menos Sem Notar

Estes são 6 truques que podes incrementar lentamente na tua rotina alimentar.

Lê cada um deles atentamente para que possas comer menos sem criar um impacto muito grande nos teus hábitos… e em consequência, perder peso.

1) Começa Pela Proteína

Pode parecer estranho mas se começares as refeições pela proteína irás sentir-te muito mais saciada.

A maior parte das pessoas vai saltando de hidratos, proteína, vegetais… conforme o apetite. Mas se comeres primeiro a proteína sentirás-te muito mais saciada e quem sabe não precisares de tantos hidratos de carbono no final da refeição.

Um bom exemplo disso mesmo é quando tenho um pequeno-almoço composto por omelete de ovo e papas de aveia.

Quando começo pela omelete (proteína) raramente já como as papas de aveia até ao fim.

2) Come Uma Salada Por Dia

Vá lá, não custa nada…

Escolhe uma salada ao almoço ou ao jantar. Só com isso consegues retirar cerca de 200 a 300 calorias diárias… mantendo simultaneamente uma refeição saciante.

É uma pequena escolha que nem notas… mas que no final da semana traduz-se em cerca de menos 1750 calorias… e no final do mês menos 7000 calorias!

E por falar em saladas… vê as minhas receitas de saladas para emagrecer.

3) Procura Snacks Proteicos

Tens barras proteicas, ovos cozidos, proteína whey, queijos, iogurtes… a variedade é imensa!

O problema é que tu continuas a olhar para o lanche com sendo o tradicional PÃO! E até aposto que o barras com manteiga…

Por outro lado os snacks proteicos são baixos em calorias e saciam verdadeiramente.

Com eles irás consumir menos calorias sem que prejudique a fome…

Deixo-te ainda esta variedade de bolachas e bolos proteicos para os pequenos lanches ao longo do dia.

E se usares o meu código PRATOFIT10 no 4º passo ganhas 10% de desconto!

como comer menos
Clica na imagem e usa o meu código PRATOFIT10 para ganhares 10% de desconto nestes Brownies Proteicos para o lanche!

4) Café

O café é um grande supressor de fome… tanto que no momento em que escrevo isto tenho uma caneca dele à minha frente!

Usa-o entre refeições… nomeadamente em canecas grandes para que possas ir bebericando.

5) Mantém as Tuas Refeições SIMPLES

Tudo o que for extra, como por exemplo o pão, o molho xpto, os sumos, o acompanhamento à parte, a sobremesa que não precisas, etc… são tudo coisas que só adicionam calorias às refeições.

Tudo o que precisas são de bons hidratos de carbono, proteína de qualidade e de vegetais. Mais nada…

6) Bebe Mais Água

Por último uma das minhas grandes batalhas…

À excepção do café e do chá, esquece todas as outras bebidas calóricas enquanto não atingires o teu objectivo.

Para além de hidratar, a água serve para manter-te longe dos alimentos indesejáveis… podes saber mais sobre este tema aqui: Quanto Litros de Água Devemos Beber Por Dia.

 

Por hoje é tudo!

Espero que tenha ajudado e que possas sinceramente começar a fazer pequenas progressões nos teus hábitos alimentar.

Voltarei em breve com mais receitas, dicas e artigos… mas até lá… podes pedir-me o teu Plano Alimentar Personalizado para que te possa ajudar directamente na conquista dos teus objectivos!

Luís

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *