Tenho recebido alguns emails com pessoas que querem perder peso mas que têm horários de refeições completamente diferentes dos tradicionais.

A verdade é que o horário em si não influencia em nada a perda de peso, o que conta realmente é o défice calórico para que possas emagrecer (entre outros fatores, evidentemente).

Se trabalhas por turnos ou se eventualmente não consegues acompanhar os tradicionais horários das refeições talvez também tenhas que optar pela suplementação.

Por exemplo uma pessoa que trabalhe num ritmo alucinante e que raramente consiga almoçar ou lanchar descontraidamente, o melhor talvez seja procurar alguns suplementos que permitam suprimir as suas necessidades nutricionais.

No meu caso, lembro-te que há uns bons anos, quando trabalhava e estuda simultaneamente, não conseguia jantar.

Eu simplesmente não tinha tempo entre a faculdade e o emprego.

Então, e muito convenientemente, comecei a suplementar com proteína whey.

Por outro lado, as pessoas que conseguem comer atempadamente têm uma vantagem competitiva que raramente aproveitam!

Em todo o caso vou deixar aqui alguns truques e justificações para as horas de cada refeição ao longo do dia.

Quantas Refeições Deves Fazer Por Dia?

Todas os dias surgem teorias sobre quantas refeições devemos fazer por dia.

Uns apostam em 3 tornando as dietas mais simples, outros em 5 e outros em 6.

A verdade que depende do ritmo de cada um mas o melhor é fazer mesmo 6 pequenas refeições ao longo do dia.

A ideia destas 6 pequenas refeições é que se coma de 3 em 3 horas dando energia ao organismo e evitando a fome e a consequente gula.

Nesse sentido um maior número de refeições está associado a um maior controlo alimentar e menos compulsão, controlando melhor o que comemos e as suas quantidades.

A ideia de comer de 3 em 3 horas também surge no caso de quem procura manter ou aumentar a sua massa muscular.

Um estudo que foi publicado no The National Institutes of Health destaca que foram analisados 2 grupos de pessoas que consumiram a mesma quantidade de energia, mas com intervalos de tempo diferentes.

Um 1ª grupo fazia 6 refeições por dia e um 2º grupo fazia apenas 3.
O primeiro grupo, que fazia 6 refeições por dia, teve uma perda de gordura maior!

Basicamente, e se tiveres um processo de perda de peso, podes fazer o número de refeições que quiseres desde que não ultrapasses as tuas necessidades calóricas, entrando assim em défica calórico.

>>> Contudo se fizeres 6 refeições terás uma vantagem competitiva! <<<

Quais as Melhores Horas Para Comer?

Pequeno-Almoço

Come entre 30 minutos a 1 hora depois de acordares.

Desta maneira ofereceres ao teu corpo energia suficiente para desempenhar as tarefas do dia.

Tenta não comer esta primeira refeição depois das 10 da manhã e certifica-te que consomes proteína suficiente, algo que raramente as pessoas comem na primeira refeição do dia.

Podes ver aqui alguns bons exemplos: Ideias de Pequeno-Almoço Para Emagrecer

Melhores Horas Para Cada Refeição - panquecas
A minha sugestão para o pequeno-almoço: Panquecas de aveia e claras de ovo!

Almoço

Antes deste almoço deves comer um pequeno lanche, algo leve e rápido para controlar a fome e a insulina no sangue.

Deves almoçar cerca de 2h30/3horas depois do tal snack a meio da manhã.

Nunca atrases o teu almoço e evita comer esta refeição depois das 15h30/16h00.

Snack

3 horas depois do almoço deves lanchar ou se treinares tomar um pré-treino.

Come algo que seja de absorção lenta, como por exemplo claras de ovo. Não te esqueças mais uma vez de incluir proteína.

Ah… e nunca fiques toda a tarde sem comer.

Jantar

O jantar deve ser considerado tendo em conta hora de ir dormir. Assim jantas cerca de 3 horas antes da hora de ir deitar.

Não jantes depois das 22h00.

Ceia

A ceia deve-se dar pelo menos 1 hora antes de ir dormir.

Neste caso podes ceiar cerca de 2 horas depois do jantar, sendo que aqui é mesmo um snackzinho leve ou até mesmo só uma bebida, como por exemplo, um copo de leite magro.

melhores horas para cada refeição - leite
Um copinho de leite desnatado é o que precisas à noite

Exemplo de Horas de Refeição

Assim temos o seguinte exemplo que podemos considerar como horas de refeição:

6h30: Acordar
7h00: Pequeno-Almoço
10h00: Snack
13h00: Almoço
16h3017h00: Snack
20h00: Jantar
22h00: Ceia
23h00: Dormir

Tudo isto são apenas exemplos, sendo que cada um deverá considerar o seu ritmo, horas necessárias de descanso, calorias, etc…

Espero que tenhas gostado deste artigo e que percebas que uma distribuição alimentar ao longo do dia, de forma equilibrada e nutricionalmente rica, evita que ganhes peso, promovendo simultaneamente o teu bem-estar.

Aproveita e deixa na zona de comentários o que poderás mudar para melhorar a tua distribuição de refeições ao longo do dia.

Um abraço,
Luís

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *