Hoje volto ao blog para responder à questão quando parar de comer durante a refeição.

Parece um pouco absurdo mas a verdade é que há muita gente que não sabe meter o pé no travão e parar de comer durante as refeições.

E isto acontece porque normalmente as pessoas comem tudo, ou pelo menos quase tudo, o que têm no prato… são velhos hábitos que levam a comer sem necessidade.

Comemos apenas para limpar o prato e não para nos saciarmos…

Assim a refeição só termina quando comemos tudo. O que é totalmente errado!

Devemos comer para nos nutrirmos mas também para retirar algum prazer dos alimentos, estabelecendo uma boa relação com a comida… sendo que comer sem parar e apenas para ter o prato vazio não é uma prática aconselhável.

O Processo de Saciedade

Como saber quando devo parar de comer durante as refeições?

O nosso estômago tem capacidade para cerca de 50 mililitros mas se o esforçares pode expandir-se até aos 4 litros.

Então a saciedade, que é o que procuramos aqui, encontra-se geralmente entre os 50 mililitros e os 4 litros.

E como é que isso acontece?

A sensação de saciedade acontece quando a comida é digerida e absorvida pelo organismo, e acontece exatamente quando a hormona da saciedade é libertada – a hormona leptina.

É a leptina que controla aqui o jogo e a tua saciedade.

Basicamente os passos da saciedade são estes:

  1. Comes
  2. A comida começa a ser absorvida pelo organismo.
  3. É libertada a hormona leptina e o estômago dá sinal ao cérebro que começa a ficar satisfeito

Ora o conjunto destes 3 passos demoram mais ou menos 20 minutos a acontecerem… isto quer dizer que para nos sentirmos satisfeitos devemos de comer pelo menos durante esse período.

Mas quem é que demora 20 minutos a comer nos dias de hoje?

Muita pouca gente… por isso o meu conselho é simples: abranda… deixa o teu estômago acompanhar o teu “cérebro” e dá tempo ao processo.

Faz pausas. Bebe água. Saboreia a comida e mastiga bem.

Agora, durante esses 20 minutos o teu corpo vai enviando sinais da sua satisfação. Sinais esses que são muitas vezes ignorados.

Sinais de Satisfação

A pressão na zona do estômago é uma delas… e mais uma vez ignorada por muita gente.

Aquilo que acontece é que a maioria das pessoas continuam a comer, e a comer, e a comer… e pressão vai aumentado ficando num estado desconfortável… resultado da dilatação do estômago!

Diria que devemos comer até 75% da nossa suposta saciedade. Devemos sempre sair da mesa com um pequeno ratinho na barriga mas sentimos-nos bem e saciados na mesma.

A ideia é que sintas: “ainda comia mais qualquer coisa, mas estou bem”.

Dica: assim que sintas uma ligeira pressão na barriga já sabes que estás a ficar saciada e que em breve será altura de pousar o garfo.

Quando Parar de Comer Durante a Refeição
Há uma altura durante a refeição que deves pousar o garfo

E Porque Comes em Excesso?

Existem 4 fatores que determinam o excesso de consumo alimentar.

1) A Nossa História e Cultura

Aqui temos aquilo que os nossos pais nos ensinaram… só saímos da mesa quando acabarmos de comer tudo. Tudo até aparecer o fundo do prato!

Ora a pressão para se comer tudo durante a nossa infância acompanhou-nos durante toda a vida, logo é mais do que natural que nos dias de hoje se mantenha essa “mania”.

Se não comíamos de uma maneira comíamos de outra 😉

Era o medo dos pais de não teremos forças, nutrientes suficientes e de sermos magrinhos.

Repara… os tupperwares e o frigorífico foram inventados para se guardar os restos de comida. Ela não se irá estragar e podes as reaproveitar para uma próxima refeição!

Portanto não tens que comer tudo o que está no prato.

2) Tamanho das Porções

A maior parte das pessoas não sabe colocar as porções corretas no prato.

Coloca comida consoante a sua fome ou pior ainda… consoante o tamanho do prato!
O tamanho do prato nunca, mas nunca, deve influenciar a porção que irás comer.

Caso ainda não saibas as porções corretas por porção, espreita este artigo:

Como Saber o Tamanho das Porções

3) Prazer

O prazer de se comer levamos a comer em excesso, sobretudo quando falamos de fast-food, gelados e guloseimas.

Comer em grupo e socialmente também tem esse aspeto negativo… comemos pelo prazer da companhia e apenas para socializarmos e acompanharmos o grupo.

Guarda o comer por prazer para um dia especial, por exemplo para o dia do lixo, em que comes mais tranquilamente e mais por prazer do que por necessidade.

Quando Parar de Comer Durante a Refeição
Normalmente comemos em excesso quando comemos apenas por prazer

4) Estado Emocional

O teu estado emocional influencia sem dúvida as porções de comida que ingeres.

Normalmente o estado de euforia-alegre levamos a comer bastante… os festejos são um bom exemplo disso mesmo, sendo aqui ainda temos a aspeto negativo de comer em grupo (parte social que vimos acima).

Mas também a depressão e a tristeza que nos levam a refugiar em comida rápida e plástica.

Vê também:

Fome Emocional Vs Fome Verdadeira. Faz o Teu Teste

O Teu Nível de Atenção

O teu nível de atenção que dás ao ato de comer influencia e de que maneira a quantidade de comida que ingeres.

Quanto menos atenção dás… MAIS comes… e muito provavelmente mais rapidamente o farás (adeus, 20 minutos!).

Se for o teu caso deves desligar a televisão, tirar os olhos do computador ou telemóvel e comer ao som de uma música calma e lenta!

Tudo para que te concentres no que estás a comer, para que possas saborear os alimentos e para que consigas chegar à meta dos tais 20 minutos.

Este foi o meu pequeno artigo para hoje…

Espero que percebas a importância de parar de comer quando for oportuno. Ouve o teu corpo, dá tempo para a leptina trabalhar e come calma e tranquilamente.

Se o fizeres verás grandes mudanças!

Um abraço,

Luís

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *